Portugal > Alentejo Central > Graça do Divor > Aromas Do Sul
Eintrag vom:
KeyCode
Geprüft von:
IPEMA-Klassifizierung / Bewertung
Kunden-Bewertung / Kommentare

18.01.2018
EA3392
-
/
0.0/5
3.0/5

    No reviews found!

Keine Datensätze gefunden

Leider wurden keine Datensätze gefunden. Bitte ändere deine Suchkriterien und versuche es erneut.

Google-Karte nicht geladen

Es ist leider unmöglich die Google-Maps-API zu laden.

GPS: B- 38.619632 L- -8.045052, Alentejo Central, Distrito de Évora

Aromas Do Sul - Sociedade De Vinhos Do Alentejo, Lda.

Herdade da Moita

PT 7050-000 Graça do Divor

Kontakt:

+351 91 7238173

geral@aromasdosul.pt

Angebot / Dienstleistungen:

Weinbau

Web: https://www.aromasdosul.pt/

Web Shop:

Geschäftszeiten:

Vorteile Member Card:

Dieses Profil entstand auf Grund einer oder mehrerer Empfehlungen. Texte und Bildeinträge wurden vom Eigentümer dieses Profils oder in dessen Auftrag eingestellt. Das Copyright und die Verantwortlichkeit für Bild, Text, Marken und Links liegt bei diesem Profilinhaber.

Aromas Do Sul
A Aromas do Sul é uma empresa de produção de vinhos. Produz e distribui vinho das uvas da Herdade da Moita, da Quinta do Caldeireiro e de outras vinhas as quais faz acompanhamento técnico.
Qualidade, dedicação e destaque são pontos essenciais para o sabor e sucesso únicos que o Alentejo nos proporciona.

100% Sustentável
Após cada vindima, procede-se à mobilização das vinhas para preparar um novo ciclo e para receberem a água da chuva.
Entre Novembro e Fevereiro, novo ciclo da videira com a poda e empa da vinha. Corte de uma parte dos ramos da videira com o objectivo de a conduzir para nascer uma uva grande e forte. Fim do inverno inicio de Primavera, as plantas rebentam. A videira está sujeita a doenças ou pragas. Tratamentos fitossanitários visam proteger as plantas desta doença.
Entre Abril e Maio, antes de entrar em floração, faz-se poda em verde. Retiram-se todos os rebentos que não interessam para a planta.
Maio e Junho, as videiras entram em floração, formando-se os bagos que vão crescendo até Julho/Agosto. Faz-se uma poda de cachos, de excesso de produção.
Agosto e Outubro, as uvas vão amadurecendo e começa a vindima. O inicio da vindima, é determinada de acordo com o estado de maturação das uvas e as condições climáticas. À medida que os cachos amadurecem a acidez dos bagos diminui e os teores de açúcar aumentam. Pode-se fazer análises por amostras e procurar determinar a vindima em função da acidez e do grau de álcool previsível. Em relação às condições climáticas é desejável que não chova, pois a água absorvida é transmitida para o vinho.